Para o guia de turismo, desenvolver empatia com o viajante significa não só oferecer um serviço com muito mais qualidade, mas também criar um relacionamento em que a fidelização será o resultado final.

Acompanhar as etapas da viagem, desde a inspiração e o planejamento, passando por agendamento e vivência até o compartilhamento de experiências e o sentimento de nostalgia, pode ser decisivo na hora de optarem pelos seus serviços. Existem algumas ferramentas que podem te ajudar em cada momento dessa prestação de serviço.

1) Sonhando

Esse é o momento de inspiração do turista, quando ele vê a foto daquele colega de faculdade, aquela blogueira famosa ou aquele post no BuzzFeed sobre melhores destinos e fica com vontade de ver aquilo de perto.

Marque presença nas redes sociais e mantenha seu perfil ativo com muitas fotos e vídeos. Procure saber em quais canais o seu público é mais presente. Se sua especialidade for turismo na natureza, por exemplo, divulgue destinos com trilhas, cachoeiras, campings etc. Você pode usar plataformas como Facebook e Instagram, que são bastante visuais e dão a possibilidade de trabalhar com fotos e vídeos. Leve em consideração a criação de um website. Para a produção do website, o Wix disponibiliza vários layouts de forma gratuita.

O Wondershare Filmora é uma boa opção para edição rápida de vídeos mais elaborados, que podem ser colocados no website ou Facebook. O TripAdvisor permite a criação de perfis para turistas e especialistas, e pode ser também uma opção.

2) Planejando

Nessa fase, o turista pesquisa dicas de roteiros, melhores atrações, críticas de outros turistas em sites, páginas nas redes sociais etc.

Mantenha ativa a sua presença nas redes sociais. Não se esqueça de informar seus dados de contato e horário de atendimento, e se disponibilize para tirar dúvidas, contar experiências e até mesmo trocar ideias. O WhatsApp Business pode ajudar com isso, mantendo contato direto com clientes de forma rápida e direta. Você também pode montar orçamento de roteiros e pedir para que antigos clientes deixem avaliações nas suas páginas. O próprio Facebook possibilita que os usuários deixem essas avaliações, é só manter o seu perfil em modo de página, e não usuário.

3) Agendando

É aqui que o cliente compra as passagens, faz reservas de acomodação, agenda passeios  e atividades extras.

Uma vez que o cliente decide fechar um pacote e optar pelos seus serviços, chega a hora de criar expectativa nele. Interagir e deixá-lo contando as horas para chegar ao local de destino. Mantenha o turista informado sobre programações locais e novidades sobre o destino. Compartilhe com ele agendas culturais e eventos.O Facebook dá a possibilidade de compartilhar páginas de eventos em todos os perfis. Essa pode ser uma boa oportunidade também para fazer parcerias com as produtoras, criando promoções e descontos para turistas que fecharem pacotes com você.

 

 

4) Chegando

Já no local de destino, o turista quer explorar o lugar, pesquisar meios de locomoção, conhecer a região.

Ofereça serviço de recepção, buscando no aeroporto, levando ao hotel. Nessa etapa, você pode contar com a ajuda de parceiros, como serviços de traslado, hostels, pousadas e restaurantes. Depois disso, por que não um tour de boas-vindas, mostrando os arredores?

5) Compartilhando

Vivemos em uma era conectada, então a ideia é registrar cada experiência. O turista posta os principais momentos nas redes sociais.

Aproveite esta oportunidade para se fazer presente e, assim, conseguir visibilidade para o seu negócio. Você pode incentivar o uso de hashtags e marcações do seu perfil no Facebook, menções no Instagram, Twitter ou Snapchat.

6) Vivenciando

Aqui o cliente vive a experiência de fato e aproveita para conhecer mais da cultura, da culinária e das especificidades locais.

Crie relacionamento com seu cliente. Nessa fase você já conseguiu sentir o estilo de viagem que ele está buscando. Direcione-o para atividades que são do interesse dele e se mostre presente para assistências, sugestões e até mesmo companhia. Você também pode criar material para o seu trabalho tirando fotos, registrando os momentos e criando bases de relacionamento com os clientes e outros turistas.

7) Pós-viagem

Quando o cliente fica satisfeito com sua viagem, ele já volta para casa pensando na próxima, inspirado a conhecer novos destinos ou até mesmo explorar mais do destino anterior.

Procure manter contato. Enviar mensagens de agradecimento via e-mail, WhatsApp Business ou Facebook e oferecer preços promocionais para que ele retorne são ótimas maneiras de conseguir boas impressões dos turistas, além de contribuir para uma imagem positiva e amigável do seu negócio. A chance desse cliente indicar o seu serviço é muito grande, o que vai resultar na obtenção de novos clientes.

Todas essas ferramentas são gratuitas e, combinadas com um bom planejamento de marketing, aumentam a visibilidade da marca e geram mais lucros, sem gastar muito do seu orçamento.

Entenda um pouco mais sobre a importância de estar presente no mundo digital e confira mais opções de canais disponíveis no meio digital. E para dicas de como construir uma imagem positiva para a sua marca, acesse nosso portal.

Que tal continuar explorando?