Você precisa de crédito, mas não sabe por onde começar? Com cinco passos e mais algumas dicas, que disponibilizamos nas próximas linhas, com certeza você saberá como chegar mais perto do que tanto necessita. E, melhor ainda, de forma planejada. Vamos lá?

Sempre existirá uma linha de empréstimo que combine com a sua necessidade e possibilidade de pagamento.  

Linhas de créditos

Uma das primeiras coisas que você deve ter em mente é que, para expandir os negócios, micro e pequenos empresários não só podem, como devem, acessar linhas de crédito específicas tanto para o segmento quanto para a finalidade que se quer alcançar com o recurso. Sempre existirá uma linha de empréstimo que combine com a sua necessidade e possibilidade de pagamento.

É também muito importante analisar qual é a real necessidade do empréstimo - ou financiamento - antes de fazer a solicitação em uma instituição financeira. Pesquise qual linha e banco melhor atendem ao seu projeto e elabore um plano de negócios.

5 passos

1. Identificar a necessidade de crédito

É importante ter claro o valor do financiamento e a finalidade do recurso pretendido. Você quer ou precisa comprar máquinas, equipamentos, matéria-prima? Sua necessidade é aumentar a estrutura física? É preciso ter certeza!

2. Buscar informações e escolher a instituição financeira

Informe-se sobre as linhas de financiamento que melhor se enquadram nas necessidades de crédito identificadas por você. Depois, procure quais instituições financeiras operam com essas linhas. Essa pesquisa vale ouro, porque as condições de custos, prazos e limites, por exemplo, podem variar bastante de banco para banco. Fique atento!

3. Analisar os fatores de restrição

É imprescindível estar com todos os fatores de restrição (como situação legal, garantias e capital próprio, por exemplo) adequados às exigências das instituições financeiras.

4. Elaborar o plano de negócios

Você terá que mostrar ao banco que o seu projeto é financeiramente viável. O melhor modo de fazer isso é apresentando o plano de negócios. Não esqueça: algumas instituições financeiras solicitam que o estudo da viabilidade do projeto seja realizado com uma ferramenta da própria instituição. Então, organize-se!

5. Efetuar o pedido de financiamento

Vá até a instituição financeira e forneça ao gerente a documentação necessária, as garantias solicitadas e o plano de negócios, mostrando a viabilidade do projeto. Depois de concluir esses procedimentos, a instituição financeira analisará o projeto e retornará para informar a liberação ou a restrição ao financiamento.

3 dicas

  •  Priorize financiar máquinas e equipamentos, preservando recursos próprios para capital de giro. Nas linhas de financiamento para investimentos fixos, os limites são maiores, os custos são menores, os prazos de pagamento também são maiores e as garantias são facilitadas.
  • Um bom histórico de relacionamento com a instituição financeira influencia positivamente. Procure entrar em contato com o banco onde você já é cliente e avalie as condições oferecidas. Mas, claro, não deixe de pesquisar outras opções.
  • O banco quer correr o mínimo de risco possível. Por isso, é fundamental elaborar um estudo com a análise de mercado, produto, operação e finanças, mostrando a viabilidade do projeto e a sua capacidade de pagamento.

O Sebrae oferece cursos de educação a distância que podem ajudar você a melhorar a gestão financeira do seu negócio. Separamos aqui três opções:

Que tal continuar explorando?