VENDA

Como implantar a piscicultura de tambaqui para Pequeno Produtor Rural

Neste artigo serão informados dados da legalização, construção de tanques de solo, trato e dados econômicos deste negócio em Macapá/AP.

Legalização do processo
  • Como fazer o tanque

Documentos do imóvel, necessários para tirar o CNPJ ou carteira de aquicultor - Piscicultor.

CCIR: Certificado de Cadastro de Imóvel Rural

Imóveis rurais Federais – INCRA

Imóveis rurais Estaduais – Instituto IMAP do Governo Estadual

Imóveis rurais Municipais - PREFEITURAS

ITR: Imposto Territorial Rural – RECEITA FEDERAL

O primeiro passo é solicitar o cadastramento CCIR, junto ao INCRA (Instituto Nacional de Colonização de Reforma Agrária; Imóveis rurais federais – INCRA; Imóveis rurais estaduais – IMAP; Imóveis rurais municipais - PREFEITURAS) para requerer os cadastros federais, estadual e municipal, conforme o caso.

(O tempo aproximado para emissão do CCIR é de aproximadamente 30 dias).

Agora se deve dar entrada no pedido de CNPJ ou registro de aquicultor - piscicultor.

• Cópias autenticadas: CPF, RG e Escritura ou documento de posse, caso seja Proprietário,

• Cópias simples: ITR, CCIR, Comprovante de Endereço.

• Matricula do Imóvel atualizada.

(O tempo aproximado para sair o CNPJ ou registro/aquicultor - piscicultor é de 20 dias)

Como fazer o tanque
  • Legalização do processo
  • Como tratar os peixes

Primeiro deve-se elaborar um projeto da área de cultivo (tanque) com a previsão da quantidade de peixes a ser cultivada, depois se deve solicitar a licença ambiental no órgão competente – IMAP.

Nas medidas do taque deverá ser considerado o espaço de 1m² para cada peixe e a profundidade de 1,5m, com inclinações de 1m nas bordas para facilitar o arrasto e subida da rede até a terra, durante a despesca.

O local do tanque deve ser em área de fácil acesso a água – rios, igarapés e lagos.

Ex: Em nosso caso, para cultivar 2.000 peixes precisamos de 2.000m² e um tanque de 20 de largura por 100 de cumprimento que é igual a 20 x 100 = 2.000m².

Como tratar os peixes
  • Como fazer o tanque
  • Informações econômicas

A compra dos alevinos - Na aquisição dos alevinos é importante observar a qualidade. Devem ter boa saúde, genética e com bom preparo para o tempo de transporte até a propriedade. Existem fornecedores locais e nos outros estados. Podem ser adquiridas larvas para produção de alevinos ou alevinos prontos.

A aclimatação – Os alevinos devem chegar embalados em sacolas plásticas com água. Na aclimatação deve-se misturar aos poucos a água do tanque com a da embalagem e soltá-los dentro de uma gaiola de madeira com tela construída dentro do tanque, para possibilitar as primeiras alimentações e seu acompanhamento.

A alimentação – É realizada em três fases: inicial, engorda e finalização. A ração é flutuante e deve ser dada a vontade, três vezes ao dia, manhã, meio dia e fim da tarde, em no máximo até 10 minutos por alimentação. Você pode obter as informações, na tabela nutricional do seu fornecedor de ração.

A qualidade da água – No Amapá, em geral, a qualidade da água dos rios, igarapés e lagos, é muito boa, mas para manter a qualidade da água deve-se troca-la quando sua transparência estiver abaixo de 15 cm de visibilidade. Usando um disco de sech com fita métrica, vendido nas lojas de agropecuária. Também é possível manter a qualidade da água utilizando a recirculação da água com bombas, mantendo, assim a oxigenação, possibilitando aumentar o cultivo de um para até, três peixes por m².

É fundamental considerar que o crescimento dos peixes depende da boa qualidade da alimentação, boa qualidade da água e espaço correto por peixe.

O acompanhamento – É realizado através da medição e pesagem de mais ou menos 10% dos peixes por trimestre para acompanhar seu crescimento.

Informações econômicas
  • Como tratar os peixes

O tambaqui de cativeiro é um produto de grande aceitação no mercado de Macapá, por ser vendido vivo ou abatido há pouco tempo, somado ao excelente sabor da sua carne, atinge preços que variam de oito a doze reais, por quilo, com peso médio de 2 kg.

O Amapá é um estado muito favorável para a piscicultura, por ter abundância de água de rios, igarapés, lagos e, ainda, clima quente com possibilidade de cultivo o ano inteiro.

Em anexo a este artigo, apresentamos os itens e preços referenciais do mercado local em uma planilha de Excel, com Informações básicas para a implantação do cultivo de 2.000 tambaquis, equivalentes a 3.600kg, recomendado para o pequeno produtor do estado do Amapá.

Em sua composição, foi considerado o investimento inicial, custos variáveis, valor necessário para iniciar o negócio, parâmetros técnicos do cultivo, receita de vendas, retorno do investimento e lucro.

 

Por Antonio Viana de Carvalho - Analista do Sebrae no Amapá

O conteúdo foi útil para você?

  • Sim
  • Não

Enviado com sucesso! Agradecemos sua ajuda.


Compartilhe: